(14)
3322.1810
-
(14)
99650-4140
Como você quer ser atendido?

Imobiliaria Shalom    

Imóveis em Ourinhos e região

 

Capitulo III
A ESTIRPE BRASILEIRA DOS RIBEIRO

  Pelo lado materno, a estirpe dos Ribeiros vem da região de São Pedro do Turvo e de Ribeirão do Sul, cidades localizadas no sul do Estado de São Paulo. O fundador da família Ribeiro foi Antônio Ribeiro, casado com Thereza Ribeiro (bisavós). Sua filha Julia Ribeiro casou-se com Joaquim Martins de Souza (avós).
  Porém, antes de entrar na história propriamente dita, bem antes de mamãe se mudar para Ourinhos, teço aqui alguns comentários sobre a vida de meus avós e de meus tios do lado materno.

Vovô nasceu em 1883

  Os pais do meu avô vieram da região de Bauru foram um dos primeiros habitantes da nossa região. Residiram durante muitos anos nas fazendas da região. A fazenda onde vovô residia estava distante do centro de Ourinhos, apenas dezoito Km. Meus avós chegaram na região de São Pedro do Turvo, na mesma época do mineiro Antonio Alcântara da Fonseca fixar-se em Ourinhos. Meus avós tiveram nove filhos e todos eles nasceram na mesma região do vovô. Sebastião nasceu em 1902; Julio, em 1904; Manoel, em 1906. Benjamim nasceu em 1908; Maria, em 1910, Pedro, em 1912; Lázaro, em 1915; Tereza (minha mãe), em 1917 e João, o caçula, em 1920.
  No início, todos trabalhavam com vovô na lavoura de café, no sítio arrendado por ele, localizado no patrimônio da Água Suja. Depois de alguns anos, foram trabalhar na lavoura de café da Fazenda Santa Tereza, que pertencia ao patrimônio de Ribeirão dos Pintos, hoje cidade de Ribeirão do Sul.
  Meus tios trabalhavam e residiam com meus avós e, à medida que se tornavam adultos, casavam e tomavam seu rumo na vida. Todos se casaram, porém permanecendo na mesma região, morando vizinhos uns dos outros, sempre no ramo da lavoura de café.
  Meu tio Manoel nasceu em 23.06.1906. No ano de 1928, mudou-se para o patrimônio de Concórdia (conhecido como Água dos Macacos). Na região, conheceu Francisca Martins da Silva e com ela se casou em, 1928. Tia Francisca nasceu em 30.04.1913, tinha então 15 anos de idade, quando se casou. Com 17 anos, tia Francisca deu à luz seu filho primogênito, João Martins de Souza, no dia 26 de agosto de 1930.
  Em meados de 1933, minha mãe foi morar na casa de meu tio Manoel, para ajudar tia Francisca nos afazeres de casa. Ali, mamãe permaneceu até completar 17 anos, quando, então, mudou-se para Ourinhos. Tio Manoel residiu por muitos anos naquele sítio e teve três filhos: João, Joel e Aparecida.

Meu primo João casou com Maria

  Meu primo João casou-se com Maria José de Souza, filha de José Martins e de Antonieta Martins. O casal teve um filho, Sérgio. Maria José teve duas filhas do primeiro casamento: Maria Aparecida e Mary. Em 1958/59, residi na casa do meu primo João em São Paulo.
  Depois disso, tio Manoel mudou-se para várias fazendas: Água do Taquaral, no município de São Pedro do Turvo, nas proximidades da cidade de Ubirajara, em Água dos Coqueiros, permanecendo ali alguns anos; Cabeceira Bonita, já no patrimônio do Ribeirão dos Pintos e Água da Cachoeira, na Fazenda do italiano Brincudo.
  Nesses locais, nasceram seus outros filhos, totalizando nove. E, por último, comprou um sitio na Água da Areia Branca, no município de São Pedro do Turvo. Por volta de 1954, tio Manoel vendeu seu sítio e mudou-se para a cidade de Paranavaí, no Estado do Paraná, lá residindo por aproximadamente quatro anos. Em 1958, fez sua última mudança, dessa vez para São Paulo, para se juntar aos outros filhos, e que já estavam residindo na Capital.
  Nessa época, eu conheci meu tio Manoel, inclusive residi em sua casa por mais de um mês. Em São Paulo, ele permaneceu até o seu falecimento. Minha tia Maria morou por algum tempo na Fazenda Santa Tereza, no patrimônio do Ribeirão dos Pintos. De lá, mudou-se para mais perto de tio Manoel, na cidade de Marialva-PR. Depois que tio Manoel foi para São Paulo, ela e a família também se mudaram; agora, para Umuarama. Tempos depois, foram para o Estado de Rondônia.
  Minha tia Maria teve oito filhos: Lázara, José, Geraldo, Acácio, Irene, Aparecida, Iolanda e Alcindo. Dois de seus filhos residem em Rondônia, segundo se sabe e estão muito bem. Geraldo e José sempre acompanharam a mãe. Em 1960, mudou-se para São Paulo, onde Geraldo faleceu.
  Tio Lázaro morou na região da Fazenda Santa Tereza, onde permaneceu até ficar viúvo. Depois, casou-se em segundas núpcias e mudou-se para Mandaguari-PR, para ficar mais próximo de tio Manoel e de tia Maria. Naquela cidade, tio Lázaro faleceu e não se tem notícias dos seus filhos. Minha tia Pedra sempre morou na região do patrimônio da Água Suja, entre Ribeirão do Sul e São Pedro do Turvo.

Continua Cap. III ...

Eitor Martins

 

 
Voltar ao Índice do Livro ->>
 

 

 

Imobiliária Shalom - Creci - 34.012-SP
Rua Expedicionário, 312 - Ourinhos / SP
Telefone:(14) - 3322.1810
[email protected]
Redes Sociais
Como você quer ser atendido?
Copyright-2015 | RSG ARTES - Criação de Sites e Sistemas para Web | Imobiliária Shalom